• Instagram ícone social
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • YouTube Long Shadow

Congregação das Irmãs

Missionárias de São Carlos Borromeo

 Scalabrinianas

 

www.scalabriniane.org

E-mail: madreassunta@gmail.com

© 2019 by Irmãs Scalabrinianas.

Desenvolvido por Felipe Silva

Congregação das Irmãs Missionárias

de São Carlos Borromeo - Scalabrinianas 

mscs

Fundação

A Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo, Scalabrinianas, foi fundada pelo Beato João Batista Scalabrini, em Piacenza aos 25 de outubro de 1895, e tem como co-fundadores os irmãos: Venerável Padre José Marchetti e Bem-aventurada Assunta Marchetti.

O carisma das Irmãs MSCS nasceu na época da grande emigração italiana em direção às Américas (fim do século XIX), como resposta de fé concretizada em uma instituição de caráter religioso. Essa continua no tempo através dos herdeiros da espiritualidade do Beato J. B. Scalabrini: os Missionários de São Carlos Borromeo, as Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo, e alguns anos mais tarde, com as Missionárias Seculares Scalabrinianas, que também, no Bispo Scalabrini, a inspiração para sua fundação e missão, bem como, o Movimento dos Leigos Missionários Scalabrinianos.

Com o passar do tempo, recuperou-se o valor profundo de alguns elementos presentes na história, como a palavra latina “Humilitas”, elemento determinante na vida do Fundador, o qual por sua vez, a havia recebido de São Carlos Borromeo, o patrono por ele deixado para as Congregações. A partir desta palavra, as Irmãs MSCS apreendem a ser “Irmãs”, “Servas”, e “Generosas”.

Acompanhando os migrantes em seu êxodo, as Irmãs MSCS se inspiram em Jesus Ressuscitado que, no caminho de Emaús, se faz próximo dos caminheiros e, com sensibilidade pedagógica, toma a iniciativa de um diálogo que conduz os discípulos à descoberta de sua identidade, isto é, a Verdade. A pessoa em mobilidade, por sua vez, assume a função de mestre para as irmãs porque as convida, constantemente, a uma renovação profunda, a um assumir a vivência do Carisma em seu dia a dia. 

Atualidade
 

Atualmente, a congregação tem sua Sede Geral em Roma, Via Monte del Gallo, 68. 

As Irmãs Missionárias Scalabrinianas, vivendo o carisma recebido do fundador, acolhem o amor de Deus como um dom e assumem, com alegria, a responsabilidade de transmiti-lo a todos que sofrem as dificuldades das migrações.

Desta maneira, garantem a continuidade da intuição profética do fundador da Congregação, o bem-aventurado João Batista Scalabrini que, depois de tê-la concretizada como projeto sócio-pastoral, confiou os seus primeiros passos à generosa determinação dos cofundadores: Venerável Padre José Marchetti e a Bem-aventurada Assunta Marchetti. Atualmente marca presença em 27 países, conta com 600 Irmãs e em muitas comunidades. 

Missão

Sua Missão é o serviço evangélico e missionário aos migrantes e refugiados especialmente aos mais pobres e necessitados. Expandiu-se inicialmente no Brasil, e em seguida na Europa (1936), na América do Norte (1941) e, nos últimos anos em vários países da América Latina, da Ásia e da Africa. As Irmãs consagram sua vida a Jesus Cristo, segundo as exigências do Carisma Scalabriniano, vivem a fraternidade em comunidade, como elemento indispensável da consagração religiosa, e se fortalecem na fidelidade vocacional mediante a oração, a meditação da Palavra de Deus e a celebração Eucarística, fonte de comunhão com Deus e com os irmãos.

As Irmãs Missionárias Scalabrinianas, ao longo do desenvolvimento da história da congregração se dedicaram, e continuam ainda dedicando-se à educação, à ação social e pastoral, ao serviço da pastoral da saúde, à catequese, à evangelização e à colaboração com a Igreja local a favor dos migrantes e refugiados mais vulneráveis. 

Fiéis ao carisma e atentas aos desafios da mobilidade, as irmãs mscs acolhe a proposta da Igreja de colocar-se a serviço dos que estão envolvidos com o drama do fenônemo das migrações, sendo “sinal da ternura de Deus e testemunho particular do mistério da Igreja, casta, esposa e mãe (V.C. 57), motivadas pelas Palavras do Evangelho: “Eu era estrangeiro e vocês me acolheram” (Mt 25,35).

Espiritualidade

O que define a espiritualidade de uma congregação é o "modus vivendi" de seus membros. É o modo de deixar-se guiar pelo Espírito de Deus. É a forma como a pessoa vive o evangelho, como vive a fé. É relação com Deus Trindade. é fazer a experiência do 'amor primeiro" (1Jo 4,10.19; 1Cor 3,1-17; 1Ts 5,23-24). A santidade é a meta da espiritualidade, é nossa meta, meta de todos. O Deus de Israel, já no primeiro Testamento (AT) se revelou "o Santo" e chamou-nos á santidade (Cf. Lv 11,44; 20,26ss). Uma síntese neste sentido, é a que encontramos no segundo Testamento (NT); "Sede santos como o vosso Pai celeste é santo; sede misericordiosos como o Pai" (Cf. Mt 5,7.43; Lc 6,36)

A espiritualidade scalabriniana é um dom para a Igreja, não somente algo intimista para nós, mas é como o perfume com quem alguém se unge; este se expande, se doa, acontece a partilha. 

As constituições das Irmãs MSCS dizem que nossa espiritualidade é: "Cristocêntrica em perspectiva trinitária e se alimenta, principalmente, da Eucaristia, da Palavra de Deus, da devoção a Maria e dos apelos dos migrantes" (NC N° 4), sempre em vista da expansão do Reino de Deus no mundo da mobilidade humana. Assim iniciou na Igreja um novo carisma, novo keito de caminhar em direção à casa do Pai. 

Faça parte dessa Missão

Seja você também uma Missionária Scalabriniana. Saiba mais sobre a missão que as Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo-Scalabrinianas realizam no Brasil e em outros 27 países. Entre em contato, através dos links abaixo. Venha testemunhar o amor de Cristo peregrino junto aos que se encontram em mobilidade e mais precisam do seu amor, dedicação e solidariedade. Você é muito bem-vinda entre nós! Cristo conta com você, e os migrantes e refugiados, também.

www.scalabriniane.org